Publicidade

5 motivos para NÃO comprar o iPhone XR

Por Redação | 10 de Dezembro de 2018 às 12h00

Link copiado!

5 motivos para NÃO comprar o iPhone XR

Como morar no Brasil não é para iniciantes, comprar aparelhos da Apple pode ser um problema e tanto, afinal nenhum smartphone é perfeito (porém alguns cobram como se fossem, e isso não é interessante). Confira agora 5 motivos para não comprar o iPhone XR.

Preço de nova geração

Infelizmente a Apple optou por não renovar a antiga linha de iPhones mais acessíveis (os antigos iPhone 5c e SE), e entregou o iPhone XR como mera adição aos modelos XS e XS Max que entraram para o portfólio da empresa em 2018.

Isso tem um preço, começando pelos 749 dólares cobrados lá fora, colocando o XR numa posição onde ainda optar pelo modelo “mais simples” de 2018 significa pagar mais caro que qualquer iPhone da geração passada.

Continua após a publicidade

Tela questionável

Pagar pela nova geração deveria significar levar o melhor possível para casa, e no caso do XR temos a resolução da tela menor que a presente num iPhone 8 Plus, X, XS e XS Max; é possível consumir conteúdo 1080p (fullHD) no YouTube pelo XR, mas note que a tela ajusta a resolução real para 828 x 1792 pixels, independente do conteúdo que você assista (e isso NÃO te entrega 1080p).

Para quem migra de um iPhone 8 para o XR não há problemas, porém usuários da versão “plus” notarão menos detalhes na tela do novo iPhone, presos numa resolução ligeiramente acima de 720p.

Menos memória disponível

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Ao passo que existem modelos do iPhone XS com 64/256/512 GB de ROM (permitindo que usuários mais exigentes tenham mais espaço no aparelho); já no XR as opções se reduzem para 64/128/256 GB de ROM, frustrando os planos de usuários hardcore que exigem utilizar a maior quantidade de espaço disponível.

Ao lembrar que não contamos com suporte microSD nos iPhones, fica a menor capacidade do XR como incômodo aos usuários pesados.

“Zoom” é com os XS

Para nós o recurso não é tão importante assim, mas para muitos usuários é fator indispensável para os modelos de iPhone com sistema duplo de câmera; essa lógica faz sentido principalmente ao comparar o XR com o XS ou XS Max.

Continua após a publicidade

O usuário que opta pelo XR perde os 2x de zoom real dos modelos mais parrudos e contará apenas com aproximação digital de imagem para essa situação específica.

Sem leitura de digitais

Da mesma forma que outros aparelhos da empresa celebram o fim da leitura de impressões digitais do usuário o iPhone XR empurra apenas o “FaceID” (que funciona corretamente).

Falamos de algo que deveria acrescentar sua funcionalidade ao iPhone (e não ser algo substituível por um sistema com propósito completamente diferente e com limitações opostas); se você prefere a praticidade biométrica de seus dedos, esqueça o XR.